57b2fd5d81114f488650b9bc159d4122

Mensagens-chave sobre o casamento prematuro

Conselhos sobre o casamento prematuro.

1 Comentar

-É preciso estimular que a criança vá a escola e conclua os estudos, para que ela tenha acesso a mais oportunidades no futuro.

-O casamento prematuro prejudica, principalmente a rapariga no acesso, permanência e a conclusão dos estudos.

-Muitos ritos de iniciação a vida sexual acabam por prejudicar a conclusão dos estudos e promover o casamento prematuro.

-Os bebés filhos de mães adolescentes correm mais risco de nascer com baixo peso e de ter problemas de saúde.

-A gravidez na adolescência aumenta os riscos de complicações e morte durante o parto ou no pós parto, pois o corpo da rapariga ainda não está completamente desenvolvido para suportar uma gravidez.

Práticas que devem ser mudadas

-Muitas famílias forçam as raparigas a casar-se cedo para ajudar financeiramente a família, principalmente quando a rapariga está grávida.

-Algumas práticas dos ritos de iniciação promovem o casamento prematuro assim como o início das relações sexuais muito cedo (11 – 12 anos).

-Algumas famílias entregam as filhas como pagamento das dívidas ao curandeiro ou aos homens que vêm da cidade como forma de obter algum benefício económico.

Tem algo a adicionar a este artigo?

Comentar
1 Comentar

RENATO GOMEZ 29 Novembro 2017

conseito a essa esplicação. me ajudou.

Relatório
The Internet of Good Things